Mesmo sendo uma profissão fundamental para a garantia da qualidade de grandes obras e fabricações críticas, a função Inspetor de Soldagem não é uma profissão “regulamentada” no Brasil, isto é, não possui um sindicato específico nem um piso salarial oficial, sendo que o próprio mercado vai “moldando” esta parte administrativa da profissão de Inspetor de Soldagem Níveis 1 e 2 nos recursos humanos das organizações.

Visto esta necessidade de pelo menos regularizar a parte técnica da profissão surge no início da década de 70 a FBTS – Fundação Brasileira de Tecnologia da Soldagem que, em conjunto com fortes organizações como Petrobras e Inmetro inicia esta regulamentação técnica, definindo claramente as atribuições e responsabilidades dos profissionais de Inspeção de Solda Níveis 1 e 2.

Até 2015 já tínhamos no Brasil então cerca de 140 instituições que aplicavam o treinamento para formação do Inspetor de Soldagem Nível 1, porém uma grande parte dos treinandos chegavam para as provas oficiais de certificação da FBTS com dúvidas graves. Para resolver isto, a FBTS regulamentou a questão dos treinamentos, iniciando em 2016 o processo de reconhecimento através de auditorias destas instituições de treinamento, onde nós da América Qualificações tivemos a honra de sermos a primeira Instituição de Treinamento reconhecida do Brasil, e até hoje a única do Sul.

Os profissionais que fizeram o Curso de Inspetor de Soldagem Nível 1 em uma instituição não reconhecida, precisam fazer a revalidação do seu certificado para dar entrada no processo de qualificação conforme a norma ABNT NBR 14842. A revalidação do certificado ocorre através do curso de atualização (reciclagem) em instituição reconhecida pela FBTS.

A América Qualificações oferece hoje um curso 100% online para a revalidação destes certificados antigos, sendo que com um curso complementar de 32 horas o participante revalida o seu certificado de treinamento feito em uma Instituição não-reconhecida, podendo assim dar entrada com sua documentação para iniciar as provas de certificação junto a FBTS.

Clique aqui para mais informações sobre o curso de revalidação.